Compacta

As câmeras compactas são ótimas para quem não tem muito conhecimento de fotografia e quer simplesmente apontar e disparar sem grandes intenções. Para você que quer fotografar viagens com a família, aniversários e etc. basta colocar no modo automático e clicar. São ótimas também para quem está com o orçamento apertado e pretende dar os primeiros passos no mundo da fotografia. São ideais para colocar em prática a teoria vista na internet e em livros porque seu tamanho pequeno as torna bem fáceis de manipular. Para a prática de fotos macro, por exemplo, são fantásticas porque focam bem em curtas distâncias. Você pode comprar um mini-tripé que custa em torno de R$ 20,00 e pode ser encontrado em qualquer camelô e acoplá-lo a uma compacta, o que irá melhorar a nitidez. As câmeras maiores dificultam ou impossibilitam o uso desse mini-tripé devido ao tamanho e peso das mesmas.

Por questões de marketing e por saberem que os usuários dessas máquinas desconhecem alguns detalhes fundamentais na fotografia, muitos fabricantes lançam máquinas compactas com muitos megapixels. Esses usuários acham que quanto mais megapixels a máquina suportar, melhor ela será. Porém isso é falso. As câmeras compactas possuem um sensor pequeno. Imagine que o sensor é um campo de futebol. Imagine que esse campo foi construído para conter o máximo de 10.000 bolas. Agora, imagine colocar 20.0000 bolas nesse campo! Para caber da mesma forma, essas bolas terão que diminuir de tamanho. É +/- assim que funciona com os megapixels das compactas, ou seja, elas têm que perder em contraste, luminosidade, cor e detalhes para caber no sensor pequeno. E logicamente isso significa perda de qualidade da fotografia.

A partir de R$ 500,00 é possível comprar uma compacta de boa qualidade. Algumas compactas possibilitam ótimos resultados, porém, ao ar livre e com muita luz solar. Em ambientes com pouca luminosidade a foto pode ficar muito ruim porque o seu sensor (equivalente ao filme nas câmeras antigas) é muito pequeno. Apesar disso, elas são bem práticas de transportar, chamam menos a atenção e cabem no bolso. A questão é que elas não atendem às necessidades de quem tem um conhecimento mais profundo de fotografia e quer fazer fotos artísticas ou diferenciadas. Ou seja, elas não permitem um grande controle de diafragma e/ou do obturador e não comportam uma lente longa zoom justamente por serem compactas. Aliás, elas nem permitem a troca de lentes.

  • Sony dscw730

    Sony DSCW-730

  • Nikon S4400

    Nikon S4400

  • Canon A3300

    Canon A3300

Algumas vantagens das compactas:

  • Custos relativamente baixos;
  • Ótimas para quem está começando a estudar sobre fotografia de forma amadora. A prática fica facilitada devido ao seu tamanho pequeno;
  • Leves;
  • Fáceis de transportar;
  • Não chamam tanta a atenção;
  • A maioria cabe no bolso.

Algumas desvantagens das compactas:

  • Muitos megapixels em um sensor pequeno;
  • O flash embutido é fraco e provoca sombras "duras";
  • Não permitem flash externo;
  • Lente e sensor pequenos não permitem fotos de grande qualidade;
  • Fotos ruins em condições de pouca luminosidade.

Quando digo que essas câmeras não permitem fotos de grande qualidade, isso é relativo. As fotos não possuem qualidade tão boa quando comparadas com as demais câmeras. Veja abaixo algumas fotos feitas com uma antiga Sony DSC-W5 em 2005/2006.

  • gansos no parque ipanema

    Gansos - Sony DSC-W5 no modo praia s/ tripé

    Autor: Malcoln.

  • flor

    Flor - Sony DSC-W5 no modo macro c/ mini-tripé

    Autor: Malcoln.

Observação: Todas as fotos de equipamentos utilizadas neste site servem apenas como exemplos. O autor não se responsabiliza por escolhas incorretas. Consulte um profissional antes de comprar qualquer equipamento fotográfico!


Comentários para esse artigo

Não existem comentários ainda! Seja o primeiro a comentar!

Preencha os campos abaixo: